terça-feira, janeiro 30, 2007

De vez em quando.
Talvez de vez em quando demais… quando o sol e a lua se confundem no meu beijo de seda… desço a escada à pressa… está-me no sangue a pressa e estas garras que vão, vêm, tornam a vir para nos agarrar e nos tornar iguais a nós mesmos…

Deixei de querer estes silêncios que se me abotoam aos sonhos que trago no peito. Não quero, não! Chega de querer o que nunca consegui sequer imaginar…

Quantas vezes quis forçar o mundo a prosseguir um caminho sem dono… quantas vezes me julguei perdida numa linha recta…

Ah, e estas vozes de dentro que se ouvem por fora e lamentam a saliva perdida em palavras de dor…

Quero mais do que isto… mas ao mesmo tempo não quero nada. Porque é mais fácil não ter nada do que ter tudo o que se quer…

Mas eu quero… o quê não sei. Nunca saberei, ninguém saberá…

A resposta, nunca ma deste… e todos os meus porquês se transformaram em murmúrios de uma falsa conformidade.

Nunca saberás se amanhã será melhor que hoje, porque te rendeste às amarguras de um ontem. Nunca saberás… e eu nunca saberei o porquê da tua ânsia de terminar com o futuro…

Talvez te tenhas arrependido quando já era tarde demais (afinal existe mesmo um
tarde demais…)

Mas eu nunca me arrependi de ter guardado aquelas tuas palavras dentro da alma.

E aquela última imagem de ti. Descias as escadas à pressa… e quantas vezes eu te achei igual a mim mesma…

Hoje sei que não. Amanhã não sei se sim.

7 comentários:

DE PROPOSITO disse...

Um texto... Não sei se se é dirigido a alguém ou apenas fruto da imaginação. Um tarde demais, é evidente que há um tarde demais. Depois de feitas já é tarde para parar o que foi feito. O mesmo pode ser demolido, alterado, mas foi feito. E o ter sido feito, já ninguém pode parar.
Fica bem.
Um beijinho para ti.
Manuel

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Hoje é um daqueles dias em que me sinto só, se pudesse pelo mundo em busca
De tudo aquilo que não encontro...
Sei que vais dizer, não fiques assim mas eu sou mesmo assim sem jeito para
Poder dizer o quanto uma palavra me faz sentir feliz...
Beijinhos
Obrigada
ConceiçãoB
Uma boa semana
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Conceição Bernardino disse...

Olá,
“ Somos a ponte para a eternidade,
Formando um arco sobre o mar,
Procurando aventuras para nosso regozijo,
Vivendo mistérios, optando por calamidades,
Triunfos, desafios, apostas impossíveis,
Pondo-nos à prova uma e outra vez,
Aprendendo amar.”
Excerto de “Richard Bach”

É com esta força que renasço todos os dias, para continuar a minha caminhada...
Espero que gostem deste pequeno presente.
Beijinhos, que a escrita nos una!
Conceição Bernardino

http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Espero que me desculpe forma como faço os meus comentários, mas é pura e verdadeira...
Para mim não chega, dizer está bonito ou lindo – por isso gosto de deixar pensamentos frases de outros autores como presente da minha gratidão e do meu encanto do que leio, do que observo nas imagens e na escrita.
É a minha maneira de ser esta...
A critica faço-as, da forma como somos tratados pelo Estado que ignora os problemas da nossa sociedade e como pouco ligam aos grandes talentos que encontro nos blogs.
Peço desculpa e se alguém não gostar da forma como faço os meus comentários agradecia que me dissessem pois tentarei melhorar.
Sou apenas uma amadora de escrita que escreve pela beleza de sentir na escrita as palavras que me vão na alma e penso que é essa a beleza que encontro naquilo que leio cada um escreve com a sua beleza.
Não quero com isto desrespeitar ninguém até porque as palavras lindas, bonito têm um grande significado no meu vocabulário.
Boa semana
Beijinhos
Conceição Bernardino
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Conceição Bernardino disse...

Olá,

Melhores flores

As melhores flores e
Cores espalhadas em
Manchas
Largas de caminhos
Pisoteados marcados por
Anónimos passos

Poema do livro “Múltiplos de ti” da autora Marita Ferreira

É esta a flor que vos ofereço...
Bom fim-de-semana
Beijinhos Conceição Bernardino
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Gioconda disse...

Hummmmm como não havia novidades no outro passei por aqui.... e gostei.... muito!

code disse...

É impressionante a maneira como escreves...

estou rendido a esta escrita!

Muitos Parabéns!

abraço,
André.